22/03/2013

Frances H. Burnett - A Pequena Princesa



A PRINCESINHA conta a história de Sara Crewe, uma menina rica que perde tudo quando lhe acontece uma terrível tragédia. Obrigada a trabalhar como empregada, a passar frio e fome, ela continua a preservar sua "nobreza", e assim consegue manter seu orgulho e sua generosidade. 
 
O QUE ACHEI: 

A sinopse reduz demais o verdadeiro âmago da história de Sara Crewe, que é bem maior que uma simples "perda".  Eu li A Princesinha aos treze anos, uma idade em que ainda estava descobrindo o mundo, olhando tudo com olhos cheios de curiosidade, encantada com o mundo incrível que se descortinava através dos livros. E esse livro, especialmente, foi um marco na minha adolescência.

Sara, a meninazinha, é um anjo que nos ensina muitas coisas. Frances Burnett foi fantástica nesse enredo (da mesma forma que foi em O Jardim Secreto e O Pequeno Lorde) que mistura lição de vida, aventura, suspense e romantismo infantil - como eu chamaria a esse estilo literário. 

A pequena Sara é delicada, generosa, apesar de rica e mimada pelo pai. E mesmo em meio a todo o luxo do colégio interno londrino, onde o pai a coloca antes de partir para uma viagem de aventuras, ela continua gentil e meiga com todos. Quando ela recebe a notícia da perda do pai e de toda a riqueza que ele poderia ter lhe deixado, ela sofre horrivelmente... não pela perda dos bens materiais, mas do pai, única família que ela tem. E depois, sofre mais ainda nas mãos da inflexível e cruel Miss Minchin. Um livro imperdível para adultos e crianças! RECOMENDADÍSSIMO.


CONFIRAM O FILME 'A PRINCESINHA', que é tão bom quanto o livro!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Os bons comentários são os alimentos dos blogs...