21/10/2012

Filme - O Pássaro Azul



O Pássaro Azul, com Shirley Templo encantando com sua graça infantil...

Sinopse: O filme conta a história de Mytyl e Tyltyl, dois irmãos que são levados para uma encantadora viagem pelo passado, presente e futuro, em busca do Pássaro Azul da Felicidade. Simples e divertido, é uma clássica história sobre os poderes da natureza.


A garotinha do filme é interpretada pela belíssima Shirley Temple, em sua primeira atuação no cinema.

Elenco
Shirley Temple ... Mytyl
Spring Byington ... Mamãe Tyl
Nigel Bruce ... Sr. Abundância
Gale Sondergaard ... Tylette (a gata)
Eddie Collins ... Tylo (o cachorro)
Sybil Jason ... Angela Berlingot
Jessie Ralph ... Fada Berylune
Helen Ericson ... Luz
Johnny Russell ... Tyltyl
Laura Hope Crews ... Sra. Luxury
Russell Hicks ... Papai Tyl
Cecilia Loftus ... Vovó Tyl
Al Shean ... Vovô Tyl
Leona Roberts ... Sra. Berlingot
Gene Reynolds ... Menino Estudioso

O QUE ACHEI:
Um daqueles filmes raros, que passavam nos anos 80, na Sessão da Tarde (hoje não se acha em lugar nenhum!).

Adorei a história singela e "fofa" dos irmãozinhos, que resolvem entrar em uma aventura fantástica na Terra dos Sonhos, em busca do famoso e arredio pássaro azul.

Uma das cenas mais hilárias é quando Tylette, a gatinha preta de Mytyl, se transforma em humana! E quado o cachorrinho dela, Tylo, vira um homem... é muito engraçada a forma da gata, uma mulher alta, magra, sinuosa e de olhar malicioso, enquanto o cachorro se transforma em um homem baixinho, gordo e engraçado, exatamente como o cachorro!


A atriz Gale Sondergaard, como a gata Tylette

A aventura deles passa pela terra do 'passado' (o cemitério), do futuro (uma espécie de céu, onde as crianças esperam para nascer), da abundância, e outros lugares curiosos, sempre acompanhados pelos "fieis" amigos, Tylo e Tylette (embora a gata, de acordo com a ótica preconceituosa dos cineastas, fosse muito mais matreira e maldosa que o cão).

O cãozinho Tylo, Mytyl e a gata Tylette

Uma fantasia bonita, para encantar pessoas de todas as idades. Destaque para a primeira atuação de Shirley Temple, como a menininha Mytyl, linda e graciosa desde aquela época. E para a beleza felina da atriz Gale Sondergaard, como a gata. Essa atriz protagonizaria papeis de vilã e bruxa em outros filmes, e inspirou o desenho da bruxa nos filmes da Cinderela, da Disney.



2 comentários:

  1. Eu gostava muito deste filme, especialmente a parte em que os animais se tornam humanos, mas ficava chateada porque fizeram a Tylette maldosa ¬¬
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
  2. De fato, Aris! Essa parte era realmente curiosa, rss. Mas como gosto de gatos, também não gostei da Tylette como a vilã da história...
    :D

    ResponderExcluir

Comente! Os bons comentários são os alimentos dos blogs...