21/03/2012

Anne Mather - À beira do abismo



À Beira do Abismo - "Jake Howard's wife" (resenha)


Jake Howard e sua mulher, Helen, pareciam um casal perfeito. E só eles mesmos sabiam que seu casamento era quase uma farsa... Com a morte do pai, Helen viu no pedido de Jake a possibilidade de ter uma vida estável e luxuosa. Jake, que buscava a perfeição, não poderia desejar uma esposa mais bonita, sofisticada e discreta. Então, eles se casaram. Cada um dormia em seu próprio quarto, levava sua própria vida, tinha seus próprios amigos. Agora, três anos depois, Helen começava a detestar aquela união, onde não havia afeto, intimidade... nem sexo. E se ela trocasse tudo pela única coisa que lhe faltava: o amor?

O QUE ACHEI
(resenha): Literalmente, o primeiro "florzinha" (romance de banca da primeira geração, da Nova Cultural) que li. Eu tinha entrado na comunidade Adoro Romances, no Orkut, e através da amiga Luciana Zetum, dona da mesma e fervorosa colecionadora de "florzinhas",  travei conhecimento com esse gênero literário tão leve e gostoso, e que (não se espantem, pois é verdade) 80% das mulheres lêem. Embora apenas 40% admita.

O livro em questão é da autora (hoje já idosa) Anne Mather. Na época desses livrinhos, por volta dos anos 60 e 70, as heroínas eram muito, muito tímidas. E virgens, na maioria das vezes. Porém, não pensem que as histórias são insípidas, ao contrário: Excetuando-se esse detalhe (que hoje em dia não faz mais parte da realidade), as histórias são densas, com conflitos muito realistas e casais que, mesmo com a dose de imaginação literária por trás, se assemelham muito aos casais de hoje em dia.

Nesse romance, Helen é a moça pobre, a "pobre menina rica". Tema recorrente, nesse livro tem o diferencial seguinte: a "pobre menina" é casada.

 Iniciando a leitura, pega-se um ódio profundo do marido dela, Jake, um empresário bem sucedido e tremendamente frio - pior que o mais fleumático dos ingleses - que a ignora completamente.

Quem pode imaginar um casamento desses? Helen, embora não queira admitir, sente-se atraída pelo frio, pelo insensível homem que dorme na mesma casa que ela e a ignora por completo. Não creio que uma mulher sensível tolerasse uma situaação dessas por muito tempo.

Mas Helen suporta, por três longos anos! Até que a situação começa a se complicar, e ela deseja mais que um casamento frio, de fachada.

Até o final o clima entre o casal é tenso... mas, afinal, como sempre ocorre nesses livros, a situação clareia ao fim.

Um livro excelente. Não deixe de ler, se for adepta de romances leves. Nota 10!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Os bons comentários são os alimentos dos blogs...