03/02/2006

Lima Barreto - Triste Fim de Policarpo Quaresma [audiolivro]



Triste Fim de Policarpo Quaresma é um romance do pré-modernismo brasileiro e considerado por alguns o principal representante desse movimento. Escrito por Lima Barreto, foi levado a público pela primeira vez em folhetins, publicados, entre Agosto e Outubro de 1911, na edição da tarde do Jornal do Commercio do Rio de Janeiro. Em 1915, também no Rio de Janeiro, a obra foi pela primeira vez impressa em livro, em edição do autor.

O romance discute principalmente a questão do nacionalismo, mas também fala do abismo existente entre as pessoas idealistas e aquelas que se preocupam apenas com seus interesses e com sua vida comum. Com uma narrativa leve que em alguns pontos chega a ser cômica, mas sempre salpicada de pequenas críticas a vários aspectos da sociedade, a história se torna mais tensa apenas quando o autor analisa a loucura e no seu final, quando são feitas duras críticas ao positivismo e ao presidente Floriano Peixoto (1891-1894).

O autor optou por escrever a narrativa numa linguagem próxima à informal falada entre os cariocas. Ela se desenvolve em torno de Policarpo Quaresma, brasileiro extremamente nacionalista, e é dividida em três partes, cada uma contendo cinco capítulos. Fonte do resumo: Wikipédia

O arquivo foi elaborado pelo site LibriVox, com auxílio e vozes de voluntários: Muito obrigada a esse pessoal que faz as leituras em português!

Ana Simão
Cynthia Zocca
Daniel Barbosa
João Paulo
Leni
Lucas M.
Maria Ramos
Miramontes
Pere
Pontedura
Rennê Ludovico
Vicente Costa Filho




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Os bons comentários são os alimentos dos blogs...